Lavando pincéis de maquiagem

Como postei na página do blog no Facebook, ontem foi dia de lavar meus pincéis de maquiagem. Resolvi, então, registrar aqui como faço para lavá-los. É muito simples, não precisa de fato comprar um produto exclusivamente de lavar pincéis. Eu uso o baratinho Shampoo Johnson’s Baby – “chega de lágrimas”! Vi essa dica em vários sites e quando testei uma vez, não consegui largar o hábito. Além disso, este shampoo, pra mim, é o melhor demaquilante de olhos ever!

Produtos multiuso são mesmo incríveis: economiza espaço e dinheiro hehehe

Para lavar, é só colocar umas 2 ou 3 gotas do produto na palma da mão e ficar girando as cerdas do pincel molhado nessa “pocinha de shampoo”. Passe água e, se achar que deve lavar de novo, pode repetir o processo. Depois, é só deixar os pincéis deitados em cima de uma toalha e com as cerdas pra fora do balcão e deixar secar durante o dia. Só guarde quando estiverem realmente bem sequinhos, se não vai estragar por dentro do pincel, perder as cerdas, essas coisas.

É importante tirar pelo menos um dia no mês para deixar os pincéis limpinhos. Não preciso explicar nem porquê, né? Imagina, várias sombras de cores diferentes misturadas, cores de batom, pincel duro de base e de corretivo, as cerdas ficam ásperas, e o pior de tudo: muitas bactérias. Além do mais, lavar deixa eles tão cheirosinhos que dá gosto de usar! Hahahaha

Um “PS” pro pincel de delineador em gel, aquele chanfrado: assim que você usa, é importante retirar pelo menos o excesso do produto que acumula nele, porque o pincel fica realmente duro e as cerdas ficam espigadas, dificultando a próxima aplicação. Ou você lava toda vez que usar com esse método citado acima ou compra um produto de lavagem express em alguma loja de cosméticos. Ele vem como borrifador e é só jogar no pincel e pressioná-lo em algum papel absorvente. O mesmo serve pro batom!

Acho que é isso… Mais dúvidas, é só entrar no Facebook do blog ou se jogar nos comentários =)

 

Anúncios

Pincéis de maquiagem

Falo muito em usar os dedos na aplicação da maquiagem, mas devo dizer que não abro mão dos meus pincéis. São eles os responsáveis por uma make bem finalizada. Neste post vou falar dos básicos, do que deveria ter em casa.

Na foto, a ordem dos pincéis que vou citar.

O de base: ele é chato, com as cerdas bem juntas, macias e firmes. Não tem muito segredo; uma ou duas gotas da sua base preferida no dorso da mão e o pincel de base pinta seu rosto como uma tela, cobrindo bem as imperfeições e corrigindo a tonalidade da pele.

O de corretivo: é importante ter um pro corretivo, porque passar com o dedo pode desperdiçar produto já que fica um restinho nele. Já o restinho no pincel, vai aproveitar mais ainda o produto e corrigir melhor o que tiver que ser corrigido, quando a base não dá conta. Ele é chato, também, só que tem tamanho menor. Pode-se usar o de base, se quiser, mas é válido lembrar que o pincel de base passa por uma região maior e pode acabar passando corretivo demais onde não precisa.

O de aplicar sombra: outro pincel chato, mas as cerdas são um pouquinho menos juntas e firmes que a do corretivo. É bom pra aplicar sombra com mais precisão e deixar a cor mais concentrada.

O de côncavo: ele é gordinho e quase pontudo. É perfeito para aplicar sombra no côncavo porque se encaixa exatamente na dobra do olho. Por ser fofinho, ele não deixa uma cor muito concentrada, fica mais esfumada.

O de esfumar: já diz tudo. Ele é bem fofinho, então espalha bem a sombra sem deixar a cor muito concentrada. É o melhor pincel para dar o ar de maquiagem perfeita. Esfumar é tudo!!!

O chanfrado: é bom pra delinear, fazer desenhos com a sombra. Quanto mais fino e mais junta as cerdas, melhor pra passar delineador, pois o traço fica preciso. Se for um pouquinho mais fofinho, é bom pra passar na base dos cílios, principalmente inferiores, pois deixa mais esfumado.

O de blush: ele é um pincel gordo e chanfrado e do tamanho certinho da bochecha. É chanfrado pra ajudar na aplicação angular do produto e bem fofinho pra deixar bem esfumado. Esse ou o de pó também pode ser usado para aplicar iluminador (mas tem que ter um só pra isso. Se estiver sujo de blush, vai adicionar cor no iluminador. E se usar o de pó, quando for aplicar de fato o pó, vai iluminar o rosto todo hehe)

Os de lábios: pode ser bem fino ou um pouco mais chato. Prefiro o mais chato; a aplicação é mais rápida. O fino é bom porque deixa bem definido o traço.

O de pó: é grande e fofo, bem fofo. Ele espalha bem o pó e dá o acabamento na maquiagem.

Os de sobrancelha: há quem use o que parece um pente com cerdas e há quem use o que parece escova de máscara de cílios. Nesse caso, tanto faz mesmo! Eu não vejo diferença entre eles. OBS: Sabe esse que parece um pente? Tem o lado com cerdas e o outro sem. O que não tem cerdas é bom pra separar os cílios quando ficam grudados de máscara.

Bom, esse é um kit bem básico. Os maquiadores usam muitos pincéis diferentes, mas com esses aí já dá pra conseguir milhares de efeitos profissionais.

Espero que tenha ajudado a compreender melhor o uso de cada um deles! Não esqueçam de ter suas próprias experiências: o que eu digo aqui não é regra. Certa vez, fui em uma loja de maquiagem atrás de pincel de corretivo e ele era muito pequeno. Eu, preferindo um pouco maior, não quis e a vendedora ficou me enchendo o juízo dizendo que tinha que ser aquele e ponto final. Bom, se eu tive uma experiência anterior e deu certo, por que eu daria ouvidos a ela??? O legal é experimentar; o que é bom pra alguém, pode não ser pra outra. Acho que deu pra entender, né?? :)

PS: o blog agora tem sua própria página no Facebook! Não deixem de curtir, vou dar dicas por lá, avisar de posts novos e compartilhar matérias que acho bem interessante ;)